10 coisas que uma mãe nunca falou

Será que realmente existem coisas que nós mães nunca falaremos?

 

  • 1. Estou cansada

    Sim, nós mães também nos cansamos, no entanto, nós nunca falamos isso a nossos filhos, porque não desejamos que eles se sintam um fardo em nossas costas, pois queremos que eles saibam que por eles fazemos o que for preciso. E, se for preciso fazer 10 vezes a mesma coisa por eles nós iremos fazer, porque mães nunca descansam enquanto os filhos não estiverem bem.

  • 2. Eu não posso

    Não existe situação ou imprevisto que nós mães não solucionamos para ajudar nossos filhos. O “eu não posso” não existe no dicionário de uma mãe. Se nossos filhos precisam, nós mães vamos aonde eles estão, não importa o horário ou lugar, sempre arrumamos maneiras de chegar até eles.

  • 3. Seja um “coitadinho”

    Não, jamais queremos que nossos filhos se tornem “os coitadinhos”, faremos tudo para que eles sejam firmes e fortes.

    Sabemos que a vida não funciona do modo que gostaríamos e que nossos filhos vão ter que lidar com as duras lições da vida, pois é parte essencial do crescimento deles. Todavia, seremos firmes para que eles aprendam pelo exemplo a serem também.

  • 4. Continue chorando

    O choro é, muitas vezes, resultado de nossas ações ou das ações de outros que refletem em nós, ele também pode vir das perdas.

    A maioria das mães costuma dizer: “Engole o choro.”

    Nós, mães, sabemos que a vida segue e que não adianta ficar se lamentando pelo que não deu certo, por isso que tentamos ao máximo ensinar essa lição a nossos filhos, enquanto eles ainda estão ao nosso lado. “Engolir o choro” é a maneira de pedirmos para eles: “Suporte, é para o seu bem!” Ou “Aguente firme, isso vai passar!”

  • 5. Espera eu fazer minhas coisas primeiro

    As mães que conheço e eu mesma priorizamos nossos filhos, cuidamos, alimentamos e investimos tudo neles, pois eles são nossas prioridades.

    Nós, mães, podemos ficar com fome, podemos ficar um tempo sujas, podemos usar nossas roupas desgastadas, sentirmos cansadas e sonolentas, contanto que nossos filhos estejam alimentados, limpos, bem-arrumados e descansados. O bem-estar deles é nossa meta.

  • 6. Meu filho não tem capacidade

    As mães que amam seus filhos sempre acreditarão no potencial deles, sob hipótese nenhuma elas irão dizer que eles não são capazes, porque elas sabem que, se o fizerem, eles acreditarão que não são mesmos.

    A maioria das mães costuma ser perceptiva, conhece os filhos, seu potencial e preferências, portanto, elas serão suas melhores adjutoras em todas as escolhas de suas vidas.

  • 7. Meu filho é ridículo

    As boas mães nunca dirão aos filhos comentários impróprios e abusivos, pois a felicidade deles é prioridade para elas.

    Os filhos acreditam que são lindos, inteligentes e corajosos, porque suas mães o disseram e ninguém pode mudar isso. Esses tipos de crianças tornam-se adultos seguros de si mesmos e prontos para resolver qualquer situação, eles também não se deixam influenciar por comentários que não acrescentam em nada na vida deles.

  • 8. Meu filho não vale nada

    Os grandes homens possuem muitos valores, porque tiveram mães que lhes ensinaram e os educaram para ser o que são. Uma mãe valorosa nunca permitirá que seu filho se sinta desvalorizado, ela jamais deixará sair de sua boca que o filho não vale nada, pois mães foram feitas para elevar e nunca diminuir os filhos.

  • 9. Meu filho foi um erro

    Não importa quais sejam as circunstâncias, nós mães, sabemos que, filho nunca foi e nem será um erro, pois eles são o melhor de nós.

    Embora não possamos prever o amanhã para sabermos se eles serão bons ou não, isso não nos impede de acreditarmos no melhor que há neles.

    O que proporcionaremos aos filhos, seja na parte emocional, física e espiritual é o que definirá em parte o caráter deles.

  • 10. Filho, eu desisto de você

    As maiorias das mães se desespera quando percebe que os filhos estão fazendo escolhas erradas, elas se sacrificam para ajudá-los a vencerem suas dores, medos e dúvidas. No entanto, essas heroínas nunca desistem de nenhum filho, elas nunca dizem aos filhos que cansou deles ou vai abandoná-los. Apesar do cansaço e mesmo machucadas com a vida errônea dos filhos, elas permanecem fortes e firmes, para não deixar os filhos desistirem deles mesmos.

    Enquanto houver mães que não desistem dos filhos, ainda haverá homens fortes e valorosos no mundo.

FONTE: Familia.com.brRobertaPreto

Compartilhe:
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • RSS
  • Tumblr

Notícias relacionadas:

Escrito por

A paulistana Ana Claudia Marinho, arquiteta e mãe de três crianças pequenas, atualmente além de projetos residenciais, também se especializou em quartos infantis. Soube unir suas habilidades e interesses para criar o blog SALTO ALTO E MAMADEIRAS, e nele compartilha dicas de produtos infantis, decoração e tendências. Para quem quiser saber tudo sobre o lifestyle” pré e pós maternidade” com conteúdo descolado e moderno,encontrará aqui.

Não há comentários ainda.

Comentar

Mensagem

%d blogueiros gostam disto:
Leia o post anterior:
VIAGEM – Salto Alto e Mamadeiras indica

Estive no EcoResort Santa Clara depois de 2 anos, a convite do hotel, para conhecer as novas instalações. Lembro-me bem...

Fechar