Dica da Especialista – Fernanda Papa de Campos

 

Balanite e Balanopostite

Muitas são as perguntas que surgem sofre fimose, fazer ou não a “massagem” durante o banho no pênis da criança, como lidar com a situação de forma correta? Já andei escrevendo sobre o assunto, mas para recordar, NÃO se faz mas “massagem” para se tentar expor a glande (cabeça do pênis), por ser uma região muito vascularizada.

Hoje resolvi trazer na verdade uma consequência direta da fimose, a Balanite e a Balanopostite!

 

A Balanite é uma inflamação da mucosa que reveste a glande que pode vir junto com uma infecção ou não, geralmente ocorre em meninos portadores de fimose. Quando a inflamação é mais extensa, ou seja afetando a mucosa e o prepúcio (pele que recobre a glande), chamamos de Balanopostite.

Nos dois casos, a doença está principalmente relacionada com o estreitamento do prepúcio, ou seja, a pele que recobre a glande fica muito “apertadinha” e dificulta a limpeza adequada da região favorecendo assim infecções locais e urinárias.

As crianças que possuem fimose devem ter sua higiene íntima redobrada, pois a descamação de células mortas da pele, óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis formam uma “pasta” branca chamada esmegma, que favorece a cultura de bactérias, vírus e fungos.

Como podemos perceber que algo vai mal nessa região com nosso filho?

A região do pênis começa a ficar irritada, dolorida, coçar, apresentar descamação de pele e pode aparecer uma secreção, o famoso “pus” com cheiro nada agradável.Também o jato urinário fica mis “curto”, a criança não consegue frandes façanhas na hora de fazer “xixi”.

A glande fica avermelhada, podendo surgir feridinhas e inchaço, dificultando para fazer “xixi”.

O diagnóstico deve ser feito por um médico de sua confiança, um pediatra. O tratamento é bastante variado, pois dependerá do grau de acometimento do local.

Recomendações:

– Aproveite a hora do banho para caprichar na higiene de pênis. Retraia o prepúcio no limite que der, para poder lavar completamente a glande e retirar a sujidade;

– Previna as reações alérgicas, evitando roupas íntimas fabricadas com tecido sintético, prefira as cuequinhas de algodão;

– Não permaneça com sungas molhadas durante muito tempo;

– Ensine seu filho a lavar as mãos para manipular o pênis, a começar para fazer xixi. Sei que a tarefa não é nada fácil, mas a criança com esse probleminha de fimose está mais suceptível a adquirir infecções;

– Procure um médico especialista para uma avaliação.

Vamos cuidar da saúde íntima dos moleques também, afinal eles nos agradecerão!!!

 

 

 

 

 

Compartilhe:
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • RSS
  • Tumblr

Notícias relacionadas:

Escrito por

A paulistana Ana Claudia Marinho, arquiteta e mãe de três crianças pequenas, atualmente além de projetos residenciais, também se especializou em quartos infantis. Soube unir suas habilidades e interesses para criar o blog SALTO ALTO E MAMADEIRAS, e nele compartilha dicas de produtos infantis, decoração e tendências. Para quem quiser saber tudo sobre o lifestyle” pré e pós maternidade” com conteúdo descolado e moderno,encontrará aqui.

Um comentário para “Dica da Especialista – Fernanda Papa de Campos”

  1. Carla Lopes disse:

    Olá, tenho um menino de 7 que ainda não consegue retrair totalmente o prepúcio. Quando ele era um bebezinho o médico disse para não operar e jamais forçar e deixar isso se resolver naturalmente. Recentemente estive um tato preocupada com a situação e consultei um outro médico que recomendou estimular ele a fazer exercícios durante o banho. Isso é como o método certo? Originalmente, a abertura da pele era de talvez 1.5mm, e agora é cerca de 3 mm. Eu também tenho lido que um monte de meninos não retrai completamente o prepúcio até que estivessem em seus meados adolescentes. Além disso, ele tem tido ereções dolorosas que custam a passar. Isso é normal? Como proceder?

Comentar

Mensagem

%d blogueiros gostam disto:
Leia o post anterior:
O melhor amigo do homem…e da criança

  Existem muitos benefícios para a criança ter um animal de estimação em casa.Leiam estes trechos que retirei do site...

Fechar