Dica da especialista – Renata Oshiro

 

Nanocosméticos

A França foi o país responsável pela introdução dos nanoscosméticos no mercado mundial.
Há 15 anos, lançaram um creme para o rosto transportado por nanocápasulas de Vitamina E pura para combate ao envelhecimento da pele.
Desde entao, os gigantes do setor de cosméticos no mundo investiram em pesquisa para desenvolver produtos nessa linha.
Mas o que sao os nanocosméticos? 
São cosméticos à base de ativos transformados em nanopartículas que pelo tamanho diminuto (milesimo de milímetro) apresentam maior poder de penetraçao, chegando mais facilmente à região alvo.
Hoje pode-se encontrar nanopartículas em produtos como desodorantes, sabonete, pasta de dente, shampoo, cremes anti rugas e maquiagem.

Empresas como Revlon, Loreal, Ester Lauder, Proctor anda Gamble, Shiseido , Dior, Chanel , Skin Ceuticals e muitas outras , assim como as brasileiras Natura e Boticário tem apostado milhões nesse mercado crescente.
A nanotecnologia garante aos cosméticos, resultados superiores aos cosméticos convencionais que com partículas maiores, são impossiveis de ultrapassar a barreira dermo epidermica para agir em fibras elásticas e colágenas.
Imagine um creme com a capacidade de penetrar até a camada muscular e ter um efeito relaxante. Isso conferiria uma dimuiçao do tônus do músculo evitando a formaçao das rugas dinâmicas . Seria uma alternativa não invasiva se comparada com a técnica de aplicação de toxina botulinica.
Vislumbramos um futuro sem necessidade de intervenções cirurgicas ou procedimentos estéticos invasivos.
Porém há ainda muito o que se estudar e discutir pois assim como esse poder de penetração traria muitos beneficios para a nossa pele, o que aconteceria se a penetraçao ocorresse de maneira desenfreada a ponto de atingir tecidos a qual nao se quer tratar?

E em caso de uma reação alergica a determiada substância. Não seria essa reação muito mais severa pela rápida absorçao da rápida absorçao.
É de se pensar…. E aguardar os novos passos dessa tecnologia , que pelo que me parece, veio para ficar

Compartilhe:
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • RSS
  • Tumblr

Notícias relacionadas:

Escrito por

A paulistana Ana Claudia Marinho, arquiteta e mãe de três crianças pequenas, atualmente além de projetos residenciais, também se especializou em quartos infantis. Soube unir suas habilidades e interesses para criar o blog SALTO ALTO E MAMADEIRAS, e nele compartilha dicas de produtos infantis, decoração e tendências. Para quem quiser saber tudo sobre o lifestyle” pré e pós maternidade” com conteúdo descolado e moderno,encontrará aqui.

Não há comentários ainda.

Comentar

Mensagem

%d blogueiros gostam disto:
Leia o post anterior:
Prateleiras…para as crianças

  As aulas começaram.Os livros são muitos.Legos?E a organização? via:pinterest

Fechar